Residência em TI participa da Campus Party

Assim como no ano passado, quando a Justiça Federal no Rio Grande do Norte (JFRN) participou da primeira Campus Party Natal — sendo o primeiro órgão do judiciário a marcar presença neste evento de alcance nacional — a JFRN esteve novamente no evento deste ano, agora durante a 2ª edição, que ocorreu entre os dias 16 e 18 de agosto de 2019.

Durante o fim de semana da Campus Party, membros da residência em TI se revezaram no estande da JFRN, que contou também com a presença do diretor do Núcleo de Tecnologia da Informação da Seção Judiciário, além de outros servidores e estagiários.

Equipe de TI presente no estande na sexta-feira (16/08).

O estande abrigou a primeira demonstração em estágio mais avançado do sistema de ergonomia Proergo, desenvolvido por residentes em parceria com professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Com uma câmera voltada para o público tendo sua imagem esqueletizada exibida em uma das televisões do estande e outra câmera conectada a um notebook, visitantes podiam experimentar tanto a versão desktop do Proergo como também o módulo web, que futuramente será disponibilizado para todos os colaboradores da JFRN.

Outros sistemas em desenvolvimento também foram apresentados a visitantes que questionavam o funcionamento do programa de residência, como o primeiro “robô” desenvolvido pela equipe de Business Intelligence, que agiliza o trâmite processual ao automatizar em 2 segundos uma tarefa que servidores levam em média 5 minutos para realizar.

Interatividade

O estande da JFRN contou ainda com uma espécie de fliperama na parte externa, voltada para a entrada do evento. Ao longo dos três dias de evento, centenas de pessoas pararam por ali para assistir às pessoas jogarem, ou mesmo tomar o controle e entrar na ação.

Essa interação desconstruída exemplifica a premissa da instituição de aproximar a Justiça do cidadão, ideia essa que também foi trabalhada no Hackathon promovido pelo órgão, que teve Justiça de Excelência na Palma da Mão como tema, incentivando soluções para ferramentas de comunicação. Este Hackathon foi divulgado no estande durante a sexta e o início do sábado, quando foi dado início com 19 equipes participantes. Junto ao início do Hackathon houve também uma apresentação da equipe vencedora da edição do ano passado.

Durante o período de desenvolvimento de soluções do Hackathon, servidores da JFRN atenderam membros das equipes dentro do estande, fornecendo papel de mentoria. Ao fim da “competição” no domingo, nove equipes apresentaram suas soluções e a vencedora — com menção honrosa de pontuação máxima — foi a equipe Nísia, que mostrou um serviço de chatbot através do WhatsApp para atendimento ao cidadão, baseado em inteligência artificial e contando com linguagem simplificada para apresentação de serviços providos pela JFRN.

Imagem do fliperama divulgada pelo instagram da JFRN

Toda a equipe de residentes se mostrou animada com o engajamento durante os três dias de evento, podendo estar à frente de uma divulgação tão importante dos trabalhos por nós desenvolvidos. O braço tecnológico da JFRN só tem a acrescentar, e estamos fazendo a nossa parte.

  • Alex Aquino
  • Ana Paula Amarante
  • Carlos Eduardo Pereira
  • Eric Alencar
  • Fábio Queiroz
  • Fernanda Monteiro
  • Gilberto Soares
  • Jonathan Jalles
  • Kallil Bezerra
  • Marciel Leal
  • Natan de Lima
  • Rodrigo Lafayette
  • Romildo Oliveira
  • Thiago Galeno
  • Willen Leiros